Roteiro Patas e Pedais
Os belíssimos lugares por onde iremos passar

A patagônia é um dos principais destinos para cicloturistas do mundo inteiro. Para quem é brasileiro e apaixonado por esse tipo de viagem, a opção mais óbvia de destino quando se tem tempo suficiente é o extremo-sul.Sendo catarinenses de Blumenau, temos ainda a vantagem de sairmos de uma das regiões mais bem estruturadas para ciclistas no país, o Vale Europeu. Saindo de casa também temos a possibilidade de nos acostumarmos à estrada aos poucos, com familiares e amigos nas cidades ao longo do início do trajeto para nos apoiarem e encorajarem a seguirmos adiante, até termos que seguir efetivamente com os nossos próprios passos (ou pedaladas), por nossa conta e risco.Na parte do Brasil seguiremos preferencialmente por estradas vicinais e com tráfego menos intenso, sempre pelo litoral de SC e do RS. Passaremos pelo Chuí, seguindo pelo litoral do Uruguai cruzaremos para a Argentina até Buenos Aires. Em seguida cruzaremos a Argentina até Bariloche e a região dos lagos, atravessando a cordilheira para o Chile e seguindo pela Carretera Austral. Passaremos por regiões clássicas para Trekkers como El Chalten e Torres del Paine, até Punta Arenas. Cruzaremos o estreito de Magalhães e seguiremos através da terra do fogo até Ushuaia.O retorno será pelo lado argentino da Cordilheira dos Andes até a altura de Bariloche, onde o caminho de retorno se cruza com o da ida. Seguiremos para o norte pela Ruta 40 e, logo após San Martin de Los Andes, voltaremos para o Chile, contornando Santiago e retornando ao Brasil passando por Mendoza, Rosário e Uruguaiana. Encerramos com chave de ouro pelo vale dos vinhedos no RS e pelas serras gaúcha e catarinense.Óbvio que para uma viagem desse porte não se pode engessar os planos como se fossem uma lei, mas achamos importante ter uma base de referência para seguirmos em frente. Estaremos abertos às oportunidades do caminho e, se necessário, não será nenhum problema mudar os planos ao longo da rota.